link href='http://fonts.googleapis.com/css?family=Impallari+Type' rel='stylesheet' type='text/css'/> EaD em evidência: Setembro 2011

Videos para reflexão

AQUI O CÓDIGO DO VÍDEO 3

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

EaD e educação






É inegável que as novas tecnologias da informação e comunicação potencializaram a Educação à Distância, propiciando um conjunto de recursos favoráveis ao crescimento dessa modalidade de ensino.
Jamais na história mundial houve tanta comunicação escrita e oral entre pessoas que habitam espaços distantes e diferenciados e que jamais tiveram contato presencial.
Estas novas ferramentas, integradas nas tecnologias de comunicação já existentes, abriram inúmeras oportunidades de fazermos parte de grupos, comunidades e salas de aula virtuais.
A possibilidade de interação neste aspecto se dá por meio dos ambientes virtuais de aprendizagem que ao serem bem desenhados, estruturados, avaliados e subsidiados por equipes especializadas, podem desenvolver um educação a distância de excelente qualidade.
A interação no ciberespaço permite desenvolver diversas habilidades necessárias à formação de competências básicas para a formação do aluno no ensino superior e atender ao desenvolvimento individual e às exigências das demandas profissionais do mercado.
Neste aspecto, as tecnologias digitais têm um duplo papel: propiciam trocas em múltiplas direções e, ao mesmo tempo, lançam novidades que desafiam constantemente os grupos a analisar e explorar as possibilidades abertas por elas, auxiliando na tomada de consciência de que se está em um processo de aprendizagem constante e sempre inacabado.
Neste sentido, a diversidade de ferramentas que a internet disponibiliza e a forma de como a informação é distribuída e entregue aos participantes da EaD, favorecem uma mudança de paradigmas no ensino e aprendizagem, por caminhos nunca antes percorridos, possibilitando uma viam de mão dupla entre os processos cognitivos individuais e coletivos, promovendo a autonomia, seleção e organização de um novo jeito de aprender.
Ao contrário do que alguns críticos vêem nessa modalidade de ensino, as formas de aprender pela EaD, se aproximam cada vez mais da forma como os seres humanos interagem e constroem sua inteligência e seu desenvolvimento cognitivo, não diferindo das princípios e concepções de educação da LDB 9394/96.
Postado por Michel Assali